Janeiro Branco: campanha voltada à Saúde Mental e Emocional

O que é o Janeiro Branco?

O Janeiro Branco é uma campanha ao estilo da Campanha Outubro Rosa e da Campanha Novembro Azul. O seu objetivo é chamar a atenção da humanidade para as questões e necessidades relacionadas à Saúde Mental e Emocional das pessoas e das instituições humanas. Uma humanidade mais saudável pressupõe um cultura da Saúde Mental no mundo!

A campanha Janeiro Branco foi criada em Janeiro de 2014, em Uberlândia(MG), e já espalhou-se por todo o Brasil e alguns outros países do mundo, como Angola, Japão, Colômbia, Estados Unidos, Portugal e Holanda. No Brasil, virou Lei Municipal e Lei Estadual ao longo dos últimos anos, estabelecendo simbólica e oficialmente o mês de Janeiro como o mês da Saúde Mental em vários municípios e estados do país. Por conta do Janeiro Branco, a Saúde Mental virou pauta nacional.

A cor branca é utilizada pois, no primeiro mês do ano, em termos simbólicos e culturais, as pessoas estão mais propensas a pensarem em suas vidas, em suas relações sociais, em suas condições de existência, em suas emoções e em seus sentidos existenciais. E, como em uma “folha ou em uma tela em branco”, todas as pessoas podem ser inspiradas a escreverem ou a reescreverem as suas próprias histórias de vida.

Os objetivos principais do Janeiro Branco são:

1 – Fazer do mês de Janeiro o marco temporal estratégico para que todas as pessoas e instituições sociais do mundo reflitam, debatam, conheçam, planejem e efetivem ações em prol da Saúde Mental e do combate ao adoecimento emocional dos indivíduos e das próprias instituições;
2 – Chamar a atenção de todo o mundo para os temas da Saúde Mental e da Saúde Emocional nas vidas das pessoas;
3 – Aproveitar a simbologia do início de todo ano para incentivar as pessoas a pensarem a respeito das suas vidas, dos seus relacionamentos e do que andam fazendo para investirem e garantirem Saúde Mental e Saúde Emocional em suas vidas e nas vidas de todos ao seu redor;
4 – Chamar a atenção das mídias e das instituições sociais, públicas e privadas, para a importância da promoção da Saúde Mental e do combate ao adoecimento emocional dos indivíduos;
5 – Contribuir, decisivamente, para a construção, o fortalecimento e a disseminação de uma “cultura da Saúde Mental” que favoreça, estimule e garanta a efetiva elaboração de políticas públicas em benefício da Saúde Mental dos indivíduos e das instituições.


Campanha Janeiro Branco, 2019

Saúde Mental do Servidor da UEPA

Na Universidade do Estado do Pará, existe o NAS (Núcleo de Apoio ao Servidor), um setor voltado a realização  de atendimentos  psicossociais  dos  servidores  da Universidade do Estado do Pará  (UEPA),  serviço  este  que  é essencial à promoção da saúde mental e bem-estar do trabalhador, objetivos do Janeiro Branco. O núcleo pauta sua estratégia de atendimento na perspectiva preventiva e terapêutica, baseando-se na valorização do servidor como pessoa e profissional em seu ambiente de trabalho.

Os serviços do NAS podem ser procurados caso o servidor ou servidora, docente e técnicos-administrativos da UEPA se encontrem em situação de sofrimento e conflito emocional, tristeza extrema, ansiedade, pânico, entre outros, além de sofrimento causado pelo uso abusivo de álcool e outras drogas e pelo trabalho e as doenças ocasionadas pelo trabalho. Quando se encontrar em sofrimento e em conflito emocional, vivenciados no    trabalho, no convívio familiar e social;

Se chega ao NAS através de encaminhamento por escrito (memorando  ou e-mail pela chefia ou através da iniciativa  do  próprio  servidor, que pode entrar em contato direto com o NAS por telefone: (91) 3131-1768 ou e-mail: nas.uepa@gmail.com. O NAS fica na Tv. Perebebuí, nº 2623, esquina com a Av. Almirante Barroso, no campus CCBS, bloco B, segundo andar, última porta à esquerda.

Fonte: Site Oficial da Campanha Janeiro Branco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *