NARRATIVAS ORAIS NA CONTEMPORANEIDADE: CONEXÕES E FISSURAS

Edil Silva Costa

Resumo


São analisadas as formas de narrar na contemporaneidade,
tendo como ponto de partida as narrativas orais tradicionais e a
literatura infantil, passando pelas redes sociais, o cinema e a
televisão. Na dinâmica da produção cultural, as modificações
das formas de narrar e a permanência das narrativas apontam
para a movência da literatura oral e popular, seu trânsito, sua
recriação, como condição essencial para sua presença e
interesse nos dias atuais. Proponho pensar as conexões dos
textos com o passado e as fissuras que se abrem como espaço
de reorganização do tradicional e de novas conexões.

Palavras-chave


Narrativas; Contemporaneidade; Tradição.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Eletrônico:"2359-3105

Revista Sentidos da Cultura UEPA/CSSE/CUMA - http://www.uepa.br

"