A CONCEPÇÃO DA CIRCULARIDADE HERMENÊUTICA EM HANS-GEORG GADAMER.

Susan Karolaine Gonçalves Soares

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo dedicar-se ao conceito de circulo hermenêutico a partir da hermenêutica
filosófica concebida por Hans-Georg Gadamer. O autor desenvolve o conceito de circularidade sob a influência do
pensamento de Martin Heidegger, em que a configuração do circulo hermenêutico é reestruturada e assume a própria
estrutura do existir humano por uma hermenêutica menos metodológica e mais ontológica. Diante do novo cenário
ontológico que caracteriza um novo sentido ao circulo hermenêutico Gadamer amplifica a discussão ao adicionar ao
sentido do circulo a "concepção prévia da perfeição" colocando a possibilidade de compreensão a partir do horizonte
de uma unidade de sentido perfeita. O processo interpretativo, que ocorre dentro do círculo, busca a verdade e é
previamente marcado pela expectativa do intérprete que ao ser interpelado pelo texto amplia seu horizonte de
compreensão e abre novas possibilidades de entendimento. O movimento de compreensão realizado pelo intérprete
não finda ao chegar em uma conclusão, pois, a vertente ontológica relacionada ao conceito de circularidade permite
ao processo interpretativo abertura constante para novas relações de sentido.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.