OS NÃO FILO DA SOPHIA: ANALISANDO A PRÁTICA PEDAGÓGICA DOS PROFESSORES DE FILOSOFIA DO ENSINO MÉDIO

Rafaela Miranda da Silva

Resumo


O presente estudo se caracteriza como uma pesquisa de campo e tem por objetivo investigar e identificar qual a
visão do aluno ingresso na Universidade do Estado do Pará sobre a disciplina filosofia ministrada no ensino médio, e
qual a importância que ele atribui a essa disciplina, no ensino médio, no curso de graduação e na sua vida. Os
sujeitos da pesquisa de campo são graduandos do primeiro semestre nos cursos de Ciências da Religião, Filosofia,
Geografia e Pedagogia. Para alcançar esse objetivo buscamos analisar por meio de entrevistas orais e questionários o
ensino ministrado na disciplina de filosofia sob o olhar dos estudantes recém-chegados ao ensino superior, onde
tivemos a oportunidade de questioná-los sobre como se deu a prática pedagógica dentro de sala de aula, suas
primeiras impressões sobre a disciplina e qual a importância da disciplina para a sua formação critica e autônoma.
Para chegar aos objetivos propostos desenvolvemos uma pesquisa qualitativa com abordagem histórico-dialética.
Essa pesquisa ampara-se nos escritos de dois principais filósofos da educação Nietzsche (2003) e Freire (2002), na
confluência de suas ideias sobre a educação e a prática educacional.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.