A FORMAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO NOS PLANOS DE EDUCAÇÃO: UM ENFOQUE NO PNE E NO PLANO ESTADUAL DO MARANHÃO

Maria José Pires Barros Cardozo, Francisca das Chagas Silva Lima, Lucinete Marques Lima

Resumo


Este texto analisa a Política de Formação dos Profissionais do Magistério no Plano Nacional de Educação-PNE e no Plano Estadual de Educação do Estado do Maranhão, aprovado para o período 2014 - 2024. Parte do pressuposto de que os planos de educação incorporam lutas sociais pela democratização do direito educacional e pelo princípio da racionalidade, sistematizando-se a partir de debate público prévio com propósitos de articular sistemas e níveis de ensino. O texto foi elaborado com base em pesquisa bibliográfica e documental. Os planos de educação são mediadores desse regime de colaboração entre entes federados, conflitivos e desiguais, portanto tem uma história frágil na educação brasileira, algumas vezes com sistematização apenas no âmbito formal, alimentando discursos clientelistas e eleitoreiros, sem efetivação prática. Estes planos precisam ser assimilados, problematizados e acompanhados por meio das ações educacionais desenvolvidas. Nas proximidades do segundo ano de vigência não se percebe as ações implementadas, nem a busca de um planejamento educacional integrado.

Palavras-chave: Política educacional. Planos de educação. Formação do Professor.

THE TRAINING OF THE TEACHING PROFESSIONALS IN THE EDUCATION PLANS: A FOCUS ON PNE AND THE STATE PLAN OF MARANHÃO

This text analyzes the Training Policy of Teaching Professionals in the National Plan of Education - PNE and in the State Plan of Education of the State of Maranhão, approved in the period2014-2024. It parts form the assumption that education plans incorporate social struggles by the democratization of educational law and by the principle of rationality, systematizing itself from previous public debate for purposes of articulating systems and levels of education. The text was prepared based on bibliographical and documentary research. The education plans are mediators of this regime of collaboration between federated, conflictive and unequal entities, so it has a fragile history in Brazilian education, sometimes with systematization only in the formal sphere, feeding clientelistic and electoral voices without practical realization. These plans need to be assimilated, problematized and accompanied by the educational actions developed. In the proximity of the second year of validity, the actions implemented are not perceived nor the search for an integrated educational planning.

Keywords: Educational policy. Education plans. Teacher Training


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Eletrônico: 2237-0315              ISSN Impresso: 1981-9269

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License

Licença Creative Commons