MONTANDO UM QUEBRA-CABEÇA: A CRIANÇA COM AUTISMO, O BRINQUEDO E O OUTRO

Ivone Martins de Oliveira, Sonia Lopes Victor, José Francisco Chicon

Resumo


Alguns estudos têm destacado o papel que adultos e outras crianças podem assumir no desenvolvimento da criança com autismo. Entretanto, as peculiaridades de seus modos de interação com os outros frequentemente são apontadas como um fator que dificulta essas relações. Este artigo tem como objetivo analisar estratégias de intervenção pedagógica utilizadas pelo adulto para enriquecer a relação entre a criança com autismo e o brinquedo. A pesquisa de campo foi realizada em uma brinquedoteca universitária que desenvolve atividades lúdicas numa perspectiva inclusiva e teve como sujeitos uma criança com autismo e uma estagiária do Curso de Educação Física. O estudo discute as estratégias da estagiária para ensinar à criança o uso convencional do jogo e algumas repercussões dessas estratégias sobre sua ação.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Eletrônico: 2237-0315              ISSN Impresso: 1981-9269

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License

Licença Creative Commons