EDUCAÇÃO INTEGRAL E(M) TEMPO INTEGRAL: ANALISANDO AS ORGANIZAÇÕES CURRICULARES APRESENTADAS NAS PESQUISAS PUBLICADAS ENTRE OS ANOS 2000 E 2012

Alessandra Victor do Nascimento, Maria Inês Marcondes, Ligia Martha C.C. Coelho

Resumo


Este artigo é um recorte de uma pesquisa que teve por objetivo analisar teses e dissertações defendidas no país, no período de 2000 a 2012, que tratam da organização curricular das experiências de educação integral e(m) tempo integral. Nele apresentamos alguns resultados sobre um levantamento realizado no banco de dados da CAPES. A análise foi fundamentada em Coelho (2002), Cavaliere (1996, 2007, 2009), Young (2007, 2011 e 2014), Freire (1993, 1999, 2000 e 2001), Moreira (1993, 2008 e 2012), entre outros. Os resultados revelaram que 179 teses e dissertações foram publicadas e que a reorganização curricular das escolas apresenta aspectos como: desenvolvimento de atividades dentro do próprio espaço escolar ou em outros do seu entorno; atividades conteudistas, esportivas, artísticas e diversificadas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Eletrônico: 2237-0315              ISSN Impresso: 1981-9269

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License

Licença Creative Commons