PROFISSÃO DOCENTE: REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE FUTUROS PROFESSORES

Laeda Bezerra Machado, Thaiz Reis Albuquerque de Castro

Resumo


O artigo analisa as representações sociais da profissão docente construídas por estudantes em processo de finalização do curso de Pedagogia. O referencial orientador do trabalho é a Teoria das Representações Sociais, na perspectiva societal de W. Doise. Aplicou-se um questionário a 44 estudantes concluintes do curso de Pedagogia de três instituições (uma pública e duas particulares) de Recife e região metropolitana. Fez-se uma análise de conteúdo, correlacionando semelhanças e variações nas respostas. Os resultados revelaram que os participantes compartilham elementos relacionados ao "mal-estar docente". Como variações detectou-se entre os estudantes da instituição pública uma carga maior de negatividade e pessimismo para com o curso. Por outro lado, os participantes de instituições privadas revelaram uma maior disposição para o exercício da docência. Os resultados sinalizam para um problema que compromete a educação das próximas gerações. Políticas educacionais não podem ignorar o desânimo e pessimismo dos futuros professores.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Eletrônico: 2237-0315              ISSN Impresso: 1981-9269

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License

Licença Creative Commons