Estratégia de projetos e contextualização do conhecimento: reflexões sobre a cultura indígena no ensino de história

Cristina Satiê de Oliveira Pátaro, Ricardo Fernandes Pátaro

Resumo


Partindo do trabalho pedagógico com a estratégia"de projetos na perspectiva da contextualização"do conhecimento, este artigo discute"alternativas para o ensino de História, em consonância"com o previsto na Lei nº 11.645/2008,"que estende aos grupos indígenas brasileiros"o que já estava garantido em lei, desde 2003,"quanto ao estudo da história da África e da"cultura afro-brasileira. A estratégia de projetos"articula conteúdos escolares com as temáticas"de relevância social, contemplando tanto"a instrução quanto a formação em valores. A"partir de um projeto cuja temática abrangeu"as diferenças culturais - voltada em especial"para a cultura indígena -, são discutidas possibilidades"para o ensino de História nos anos"iniciais do Ensino Fundamental. Para tanto,"são analisadas atividades desenvolvidas em"sala de aula que partiram de problemáticas"trazidas pelos(as) estudantes de uma escola da"cidade de Campinas, visando à reflexão sobre"as diferenças culturais e a abordagem de eixos"temáticos da disciplina de História. A análise"realizada aponta que a estratégia de projetos"e a contextualização do conhecimento possibilitam"a problematização e compreensão de"questões voltadas para a cultura indígena articuladas"com o ensino de História.

Palavras-chave: Estratégia de Projetos. Ensino de História. Cultura indígena.

Project-based curriculum and contextualized knowledge: reflections about indigenous culture in history teaching

According to the Law No. 11.645/2008, which extends to the indigenous groups the studies that were already guaranteed by law since 2003, about African history and Afro-Brazilian culture, this article discusses alternatives for history teaching grounded on project-based curriculum in a contextualized knowledge perspective. Such pedagogical practice articulates school knowledge and social relevance themes, considering both the instruction as value formation. Based on a project about cultural differences - especially indigenous culture -, possibilities for history teaching are discussed. Therefore, activities developed in the classroom were analyzed, which departed from problems brought by students from a school of Campinas in order to reflect about cultural differences as well as contents of History. The results show that the action to contextualize knowledge and the project-based curriculum strategy allow the questioning and understanding of issues facing indigenous culture articulated with the teaching of history.

Palavras-chave: Project-based curriculum. History teaching. Indigenous culture.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Eletrônico: 2237-0315              ISSN Impresso: 1981-9269

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License

Licença Creative Commons