Representações sociais de professores sobre o ser e o fazer-se docente na educação de jovens e adultos na Amazônia Paraense

Joana d’Arc de Vasconcelos Neves, Raquel Amorim Santos, Maria Joseli Martins Pereira

Resumo


Social representations about being and making oneself docent on youth and adult education on Paraense Amazon

Resumo

O estudo analisa as Representações Sociais de professores sobre as práticas necessárias para ser e fazer-se docente na Educação de Jovens e Adultos na Amazônia Paraense. O referencial teórico-metodológico baseia-se na Teoria das Representações Sociais-TRS, na abordagem processual de Jodelet (2001). Para coleta de dados foram entrevistados sete professores da EJA do Município de Augusto Corrêa-PA. No campo de análise considerou-se as dimensões constituidoras das TRS (sujeitos, contextos e sentidos). Os resultados revelam: Os sujeitos são professores da EJA que constroem sua identidade, na docência da EJA. O contexto é marcado por processos de fragilização de políticas públicas, tanto para formação docente, quanto para a garantia de qualidade na condição de trabalho. Os sentidos expressam a necessidade de rompimento de práticas e modelos homogeneizadores de escola e construção de práticas que permitam a reconstrução e ressignificação dos saberes cotidianos.

Palavras-chave: Representações Sociais. Prática Docente. EJA

Abstract

The study analyzes teacher’s social representations about the necessary practices to be make oneself docent on Youth and Adult Education (EJA) on Paraense Amazon. The theoretical-methodological referencial is based on the Theory of Social Representations-TRS, with Jodelet’s processual approach (2001). To collect data were interviewed seven teachers of the EJA of the Municipality of Augusto Corrêa-PA. This way, to organize the field of analysis, the constitutive dimensions the TRS (subjects, contexts and meanings) were considered. The results reveal: the subjects are teachers of EJA that construct their identity with EJA’s decency. The context is marked by processes of the weakening of public politics, both for the docent formation and for guaranteeing quality of work conditions. The meanings express the need for breaking apart homogenizing practices and models of school, and constructing practices that allow for the reconstruction and resignification of quotidian knowledge.

Key-words: Social Representations. Docent Practices. Youth and Adult Education.



Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Eletrônico: 2237-0315              ISSN Impresso: 1981-9269

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License

Licença Creative Commons