As aulas de matemática na escolarização inclusiva de um sujeito cego: o caso Lucas

Fábio Alexandre Borges, Tiago Pereira

Resumo


O trabalho"aqui apresentado configura-se como um estudo de caso, no qual utilizamos como procedimento para coleta de dados uma entrevista semiestruturada composta por oito (08) questões e, para o tratamento dos dados, foi empregada parte da Análise de Conteúdo. O sujeito analisado, que assume o pseudônimo de Lucas nesse trabalho, é um aluno cego, que estudou em escolas e universidade públicas como aluno de inclusão e, que, ao ser entrevistado, para uma pesquisa maior envolvendo outros sujeitos, apresentou grande capacidade crítica em discutir seu processo de escolarização, principalmente com relação à Matemática. Além disso, dentre nossas justificativas para a escolha do sujeito, temos o fato de que o mesmo passou ativamente pelo processo de construção das adaptações metodológicas e de materiais, destinadas a sua própria escolarização. Os relatos de Lucas apresentam-se repletos de experiências que nos ajudam a debater e repensar as práticas de ensino, especialmente na disciplina de matemática, com destaque para a valorização dos conhecimentos matemáticos pré-escolares. Nosso objetivo foi discutir aspectos que interferem na escolarização de sujeitos cegos inclusos nas aulas de Matemática. Como resultados, trazemos problematizações oriundas dos apontamentos feitos pelo aluno, tais como: a relação com os sujeitos videntes, necessidades específicas do deficiente visual (Dv), materiais de apoio, processo de inclusão, formação de professores, linguagem, comunicação, descrição oral de objetos matemáticos, diferentes representações matemáticas, entre outros.

Palavras-chave: Ensino de Matemática. Inclusão de Dvs. Processo de escolarização.

" The mathematics classes in the inclusive schooling of a blind student: the Lucas case

Abstract

The work presented here is a case study, in which we used as a procedure for data collection a semi-structured interview composed of eight (08) questions and, for the treatment of the data, part of Content Analysis was used. The analyzed subject, who assumes the pseudonym of Lucas in this work, is a blind student, who studied in public schools and universities as a student of inclusion and, while he was interviewed for a larger research involving other subjects, he presented great critical ability to discuss their schooling process, especially in relation to Mathematics. In addition, among our justifications for the choice of the subject, we have the fact that he has actively gone through the process of constructing methodological and material adaptations, destined to their own schooling. Lucas' reports are full of experiences that help us to debate and rethink teaching practices, especially in the mathematics discipline, with emphasis on the valorization of pre-school mathematical knowledge. Our objective was to discuss aspects that interfere in the schooling of blind individuals included in the Mathematics classes. As results, we bring up problematizations from the notes made by the student, such as: the relationship with sighted subjects, specific needs of the visual impairment (Vi), support materials, inclusion process, teacher training, language, communication, oral mathematical objects, different mathematical representations, among others.

Key words: Mathematics Teaching. Inclusion of visual impairment. Schooling process.


"


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Eletrônico: 2237-0315              ISSN Impresso: 1981-9269

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License

Licença Creative Commons