Vozes dos estudantes do Ensino Médio sobre as práticas pedagógicas dos professores

Clarita Mitiko Isago, Marly Krüger de Pesce

Resumo


Resumo

O conhecimento das práticas pedagógicas pela fala direta dos educandos pode contribuir para a formação deles como sujeitos do processo de ensino e aprendizagem. Arroyo (2014) coloca os professores diante de uma encruzilhada: serem desumanos sentenciadores das aprendizagens e comportamentos dos estudantes ou insistentes auscultadores de suas urgências. É pela segunda proposta do autor, insistentes auscultadores, que irá se considerar neste artigo uma leitura positiva da escola pública e de seus sujeitos sobre as práticas pedagógicas que levam à aprendizagem, não sobre as que não levam à aprendizagem. Nessa perspectiva, este trabalho tem por finalidade discutir parte dos dados de uma pesquisa de mestrado, intitulada "Vozes dos estudantes do Ensino Médio sobre as práticas pedagógicas dos professores". O objetivo principal da pesquisa é conhecer as percepções dos estudantes do Ensino Médio sobre as práticas pedagógicas de seus professores, enquanto práticas sociais nos diferentes espaços e tempos da escola, como defendem Caldeira e Zaidan (2010). O método da coleta de dados foi o grupo de discussão, que ocorreu em duas escolas públicas estaduais, com alunos do terceiro ano do Ensino Médio. Serão discutidas aqui as duas primeiras categorias que emergiram da análise das transcrições das falas dos estudantes de uma das escolas, sendo elas relações entre práticas pedagógicas e interações professor-aluno e saberes pedagógicos pelas falas discentes.

Palavras-chave:Vozes Discentes. Práticas Pedagógicas no Ensino Médio. Trabalho Docente.

"

High school student voices about their teacher's pedagogical practices


Abstract

The knowledge of pedagogical practices through students' direct speech can contribute to their formation as subjects of the teaching and learning process. Arroyo (2014) places teachers before a crossroads: they are either inhuman judges of students' learning and behavior or insistent listeners of their urgencies. It is for the author's second proposal that this article will consider a positive reading of the public school and its subjects about the pedagogical practices which lead to learning, and not on those which do not lead to learning. This article aims to discuss part of the data collected in a Master's study entitled "High school student voices about their teacher's pedagogical practices". The objective is to comprehend high school students' perceptions about their teacher's pedagogical practices, such as social practices in the different spaces and times of the school, as argued by Caldeira and Zaidan (2010). The methodology of data collection was a group discussion with High School students in their final year in two state public schools. It will be discussed the first two categories that emerged from the analysis of the transcripts of the students' speeches, which are i) the relationship between pedagogical practices and teacher-student interactions and ii) the pedagogical knowledge from the learners' speeches.

Keywords: Student Voices. Pedagogical Practices in High School. Teaching Work.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Eletrônico: 2237-0315              ISSN Impresso: 1981-9269

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License

Licença Creative Commons