Senso matemático universal: percepção etnomatemática sobre as peças cerâmicas feitas pelos artesãos de Icoaraci - Belém/PA

Roberto Paulo Bibas Fialho

Resumo


Esta é a suma etnográfica do relato de algumas passagens do contato vivencial do autor com os artesãos ceramistas do distrito municipal de Icoaraci, na cidade de Belém, estado do Pará, Brasil, em pesquisas realizadas entre os anos de 2011 e 2013. Posto o problema da pesquisa, como sendo o conhecimento desse grupo de artesãos e o fazer matemático intrínseco e extrínseco do ensino e aprendizado desse fazer, torna-se de fácil entendimento a sua estrutura metodológica, em que a técnica de pesquisa trabalhada, de base antropológica, tem abordagem qualitativa, utilizando recursos técnicos descritivos e registros visuais etnográficos. Tomou-se como embasamento teórico D’Ambrosio (1993, 2005, 2009, 2010), Piaget (1973), Ferreira (2002), Buzzi (1984), Goulart (2009), entre outros. Conclui-se que no seu modo de vida e no seu fazer simples, o artesão ceramista trabalha, em seu raciocínio lógico, um entendimento matemático que é comum à maioria das pessoas, mesmo aquelas sem formação escolar ou acadêmica, assim caracterizando um senso matemático universal.

Palavras-chave: Etnomatemática. Artesanato cerâmico. Icoaraci. Cerâmica marajoara. Geometria.

Universal mathematical sense: ethnomathematical perception on pottery pieces made by artisans from Icoaraci - Belém/PA

This article is the ethnographic summary of a report relative to some passages of the author’s experiential contact with the artisans from the municipal district of Icoaraci, in Belém municipality, Pará state, Brazil, in researches carried out in 2011 and 2013. The research problem deals with this artisans’ knowledge and the intrinsic and extrinsic mathematical performance concerning its teaching and learning, which makes easy to comprehend the methodological structure of this research, in which the chosen technic, of anthropological base, is of a qualitative approach type, using descriptive technical resources and ethnographic visual records. The present research is theoretically based in the works by D’Ambrosio (1993, 2005, 2009, 2010), Piaget (1973), Ferreira (2002), Buzzi (1984), Goulart (2009), among others. One concludes that, in his way of life and simple practice, the pottery artisan works, concerning his logical reasoning, a mathematic comprehension that is common to most people, even those without school or academic training, thus characterizing a universal mathematical sense." " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " "

Keywords: Ethnomatematics. Pottery crafts. Icoaraci. Marajoara potteries. Geometry.

"


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Eletrônico: 2237-0315              ISSN Impresso: 1981-9269

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License

Licença Creative Commons