Prograd

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Coordenações

1) Coordenação de Acesso e Concursos

O trabalho da Coordenação de Acessos e Concursos com os Processos Seletivos começa, geralmente, no mês de março, com a elaboração do plano executivo da Diretoria, que define as estratégias de trabalho para o ano vigente.

Depois disso, a Coordenação começa a entrar em contato com as escolas, para realizar orientações e palestras para alunos e professores, além de promover reuniões técnicas de pessoal.

As provas são três, sendo que os inscritos ao Prosel fazem todas no mesmo ano, em dias diferentes, e os inscritos ao Prise realizam uma por ano, a cada conclusão de série do Ensino Médio. Acontecem sempre no final do ano, e o tão esperado listão sai entre os últimos dias de dezembro e os primeiros dias do novo ano.

É função dessa divisão da DAA a divulgação de todo o processo e também a organização de eventos como feiras vocacionais, e ainda definir locais de provas e escalar pessoal para atuação sempre que for necessário.

No caso de restarem vagas não preenchidas após a conclusão dos Processos Seletivos, é função dessa Coordenação à convocação dos demais classificados para a matrícula, processo conhecido popularmente como "repescagem", que pode ser realizado várias vezes até o preenchimento de todas as vagas. Se não houver procura após a convocação, é realizado um processo seletivo especial somente para aqueles que já concluíram o Ensino Superior e desejam cursar outra graduação.

Se durante o ano letivo surgirem vagas oriundas de desistências e abandono de cursos, a DAA realiza, uma vez por ano, o Processo de Transferências Internas/Externas para alunos da UEPA que, desejam trocar de graduação e, se ainda houver vagas após o primeiro, para estudantes de outras Instituições de Ensino Superior que desejam concluir os estudos nessa Universidade.

2) Coordenação de Avaliação

Avaliações interna e externa dos cursos de graduação são as principais atribuições dessa Coordenação. O curso é avaliado por seus docentes, discentes e outros setores da Universidade.

O processo envolve vários setores da Universidade, e é fundamental a participação de alunos, educadores e outros profissionais envolvidos para que o reconhecimento ou a sua renovação possam ser concedidos. As avaliações são necessárias para que a UEPA possa passar pela avaliação de recredenciamento do Ministério da Educação (MEC), pela qual a instituição passou em 2007, recebendo ótimas avaliações dos membros da comissão designada pelo MEC.

A Coordenação segue o modelo de avaliação determinada no Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior (Sinaes), também do MEC, que recomenda a avaliação interna, inicialmente, para depois ser feita a avaliação externa pelo alunos – através do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), que substituiu o “Provão”, e é realizada por ingressantes e concluintes – e pela comunidade em geral.

Durante todo o ano, a Coordenação de Avaliação se reúne com chefias de departamentos, professores e coordenações de curso para a realização de palestras e momentos em que se possa orientar todos aqueles que formam a comunidade acadêmica sobre a importância desses processos, para que essa mensagem chegue também aos alunos como forma de estímulo, a fim de que cada momento de avaliação tenha a participação cada vez maior de todos os membros da Universidade.

O resultado de todo esse trabalho de estímulo pode ser visto no desempenho dos alunos do curso de Secretariado Executivo Trilíngüe, que deram a nota máxima ao curso no Enade 2007, assim como o curso de Licenciatura em Matemática, que sempre fica com conceitos que variam entre “A” e “B”.

Um professor aprovado em um concurso público que lhe dá o título de servidor público do Estado, antes de alcançar a estabilidade, passa três anos no estágio probatório. Nesse período, todas as diretorias, departamentos e chefias que sejam ligadas ao seu trabalho lhe avaliam em quesitos variados, e a DAA, através da Coordenação de Avaliação, também participa desse processo avaliando o docente em quesitos como assiduidade, pontualidade, produtividade em sala de aula, plano de trabalho individual, entre outros.

 

Nós temos 3 visitantes online