APRESENTAÇÃO

INTRODUÇÃO

A Escola de Enfermagem Magalhães Barata, tradicionalmente conhecida na formação de enfermeiros no Estado do Pará e no Brasil há mais de 70 anos, oferece  também formação em nível de pós-graduação lato-sensu e stricto-sensu.

Em nível stricto-sensu criou-se o Programa de Pós-Graduação em Enfermagem vinculado ao Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS) da Universidade do Estado do Pará (UEPA) em Associação com a Universidade Federal do Amazonas (UFAM), através da Resolução do CONSUN n° 1832/2009 de 20 de março de 2009, sendo recomendado pela Coordenação de Pessoal de Nível Superior (CAPES) na 116ª Reunião do Conselho Técnico Consultivo (CTC) realizada no dia 24 de março de 2010, e reconhecido pela Portaria MEC 1398 de 13/12/2010, composto pelo Curso de Mestrado Acadêmico.

O Programa tem como área de concentraçãoENFERMAGEM NO CONTEXTO DA SOCIEDADE AMAZÔNICA e duas linhas de pesquisa: “ENFERMAGEM EM SAÚDE PÚBLICA E EPIDEMIOLOGIA DE DOENÇAS NA AMAZÔNIA” e “EDUCAÇÃO E TECNOLOGIAS DE ENFERMAGEM PARA O CUIDADO EM SAÚDE A INDIVÍDUOS E GRUPOS SOCIAIS”.

As vagas ofertadas em cada Instituição Associada (UEPA/UFAM) são preenchidas de acordo com os critérios de seleção estabelecidos em Regimento próprio, que ocorre anualmente, e estas se destinam aos graduados em Enfermagem.  

O Curso de Mestrado teve inicio em 2010, tem duração de dois (2) anos, e para integralizar o curso é necessário cumprir no mínimo 30 créditos, assim distribuídos: 15 em disciplinas obrigatórias e 15 em disciplinas eletivas. As disciplinas são semestrais e as aulas são ministradas diariamente, nos horários da manhã ou tarde alternadamente, obedecendo à carga horária de cada disciplina.

OBJETIVOS

a) Oportunizar a qualificação docente e formar pesquisadores em enfermagem para a Região Amazônica;

b) Produzir estudos e pesquisas em enfermagem, relacionados à realidade epidemiológica e cultural e, especificamente, à Região Amazônica; e

c) Possibilitar a construção de um referencial teórico-prático social e cultural em enfermagem na promoção à saúde, que subsidie políticas públicas na região com vistas à qualidade do agir cuidativo-educativo de enfermeiros (as) na e para a região.

PERFIL DO MESTRE EM ENFERMAGEM

a) Produzir conhecimentos acerca das necessidades de saúde da sociedade amazônica, no que se refere às suas condições e hábitos de vida, recursos de saúde disponíveis e utilizados, bem como das repercussões da organização do trabalho da enfermagem/saúde, na produção da saúde e comunidades/distritos sanitários saudáveis;

b) Selecionar, adaptar e prever estratégias para produzir, validar, aplicar e avaliar tecnologias de enfermagem/saúde para a produção de saúde;