11 de Janeiro, dia do combate à poluição por agrotóxicos!

Em Julho de 1989 foi promulgada a lei federal 7.802/1989, denominada Lei dos Agrotóxicos, regulamentada pelo Decreto nº 4.074, de janeiro de 2002, que dispõe da produção, comercialização, exportação e fiscalização de agrotóxicos. No entanto, o sistema legal brasileiro não garante o seu cumprimento efetivo, muito menos a aplicação de medidas eficientes de precaução contra os impactos, sensibilização social com as classes envolvidas e cuidados com os resíduos dos agrotóxicos no meio ambiente.

O Brasil é um dos países que mais utilizam agrotóxicos no mundo (Dados da  Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa) e o consumo anual  tem sido superior a 300 mil toneladas de produtos comerciais. Este é um número bastante preocupante, ainda mais se considerarmos os efeitos prejudiciais à saúde humana e à natureza. Uma das principais consequências do uso indiscriminado dos agrotóxicos é a contaminação do solo e, por conseguinte, dos lençóis freáticos, das plantas e dos animais. As abelhas, principais agentes polinizadores, também são vítimas dos agrotóxicos, pois além de ficarem desorientadas e não encontrarem o caminho de volta para a colmeia, elas estão ficando dependentes. Isso mesmo, viciadas em agrotóxicos, especificamente os que contêm neonicotinóides, substância química semelhante a do cigarro, que pode levá-las até a morte, é o que diz estudo recente da Imperial College London, do Reino Unido.

Diante desta situação, a conscientização da população a respeito das consequências do uso dos agrotóxicos e incentivos à pesquisa que priorizem a produção agroecológica, aos sistemas agroflorestais, entre outras técnicas que diminuam ou até mesmo acabem com a demanda por agrotóxicos, são fundamentais para a melhoria da qualidade de vida das pessoas e do meio ambiente. A Política Nacional de Redução de Agrotóxicos (PNaRA) já é um projeto que está nas mãos do Congresso Nacional. O Greenpeace tem uma campanha para que a PNaRA venha a se tornar Lei, para assinar a petição click no link abaixo.

https://www.greenpeace.org/brasil/participe/chega-de-agrotoxicos/

%d blogueiros gostam disto: