A ciência vai ao encontro da tradição

As ações de bioculturalidade do Herbário MFS da UEPA estão na matéria de capa da edição de agosto da revista Amazônia Viva, encartada no jornal O Liberal do dia 09 de Agosto de 2017.

A reportagem, escrita por Fernanda Martins e com fotos de Nailana Thiely, ambas da Assessoria de Comunicação da Universidade do Estado do Pará, trata das relações do mundo acadêmico com os saberes tradicionais, em diversas interfaces. Além das ações do Herbário MFS, ações do PARFOR, da Licenciatura Intercultural Intercultural Indígena e do Laboratório de Morfofisiologia Aplicada à Saúde da universidade também tiveram destaque, enfocando as relações entre os saberes tradicionais, o ensino e a pesquisa científica.

As pesquisas em bioculturalidade buscam salvaguardar o imenso patrimônio material e imaterial derivado das relações das populações tradicionais com os organismos biológicos, quer sejam alimentícios, medicinais, econômicos ou religiosos. A experiência de compartilhar conhecimentos ancestrais com cada comunidade é descrita com emoção pela curadora do Herbário Marlene Freitas da Silva, da Universidade do Estado do Pará (Uepa), professora doutora Flávia Lucas: “Quando chegamos ao local, as titulações perdem o sentido, pois nos vemos diante de um repertório tão rico e tão profundo, sem data de início. É imemorial. Nos sentimos muito pequenos diante de tantos detalhes, preservados apenas pela oralidade”, analisa Lucas. O contato, quando realizado de forma ética, se transforma em um canal de conectividade espontânea. “Somos meros observadores, eles são os protagonistas”.

Reverter o quadro atual, na avaliação da pesquisadora, é uma das missões da universidade. “A Bioculturalidade cabe nos currículos de todos os cursos. É nossa obrigação conscientizar estes profissionais em formação do seu entorno. Fazê-los perceber que vivem rodeados de um bioma rico e cheio de peculiaridades e é missão deles trabalhar e reconhecer isso”, conclui.

Saiba mais sobre a coleção e as pesquisas bioculturais do Herbário MFS.

Clique para ler a reportagem completa em PDF.

Clique para ler a matéria publicada no site da UEPA.

%d blogueiros gostam disto: