Ficha de Campo

Uma caderneta de campo, com fichas padronizadas, é essencial para a anotação in loco de todos os dados necessários para a confecção das etiquetas de herbário e para auxílio aos taxonomistas e cientistas de outras especialidades, em seus estudos de plantas e fungos. Essas informações, que só podem ser conhecidas no campo e no momento da coleta, constando dados como coletor, número de coleta, procedência, data de coleta e informações sobre o espécime vivo ambiente, são indispensáveis e não podem ser perdidas.

Todo o material coletado deve ter os seus dados anotados no caderno no ato da coleta, utilizando-se letra legível e lápis para evitar, respectivamente, que os dados tornem-se ilegíveis ou borrem, se molhados. Os dados do caderno são posteriormente transcritos para a etiqueta que acompanha cada espécime na coleção. Por isso, esse caderno é indispensável e não pode ser perdido ou esquecido no campo. Assim, uma dica é que ele tenha uma capa de cor chamativa e distinta do chão da mata, como amarelo ou vermelho, o que facilita a sua localização em caso de eventual perda.

Modelos de Ficha de Campo

Instruções de Preenchimento da Ficha de Campo

%d blogueiros gostam disto: