É o vínculo do aluno à Universidade e ao respectivo curso durante afastamento para realização de mobilidade internacional, em nível de graduação. A Matrícula em Modalidade é regida pela Resolução Nº 2763/14 - CONSUN, 29 de outubro de 2014.

Art. 5º - O aluno que se ausentar da UEPA para realizar Mobilidade Acadêmica no exterior, deverá manter sua matrícula na UEPA inscrito unicamente em "Componentes Curriculares em MOBILIDADE".

Art. 6º - O aluno deverá iniciar o curso e as atividades que pretende frequentar e submeter à apreciação prévia do Colegiado de Curso de Graduação e deliberação do Conselho de Centro, um "Contrato de Estudos" com a relação dos componentes curriculares que realizará na instituição destino, os programas e respectivas cargas horárias. Esse contrato deverá se aprovado, previamente, pelas Instituições de origem e de destino.

§1º - Os Colegiados de Curso deverão considerar, na aprovação do Contrato do Estudo, a carga horária e a presença dos conteúdos relevantes e significativos previstos na estrutura  curricular do Curso de Origem.

§2º - Os componentes curriculares constantes do Contrato de Estudos aprovado, de conformidade com o caput do artigo, serão uma vez cumpridos, aproveitados e incluídos no Histórico Escolar do aluno.

A Matrícula em Modalidade é efetivada pela Coodenação de Relações Internacionais da UEPA, mediante entrega dos seguintes documentos:

1. Termo de Compromisso e Requerimento de Matrícula em Mobilidade Acadêmica (formulário próprio, via original,datada e assinada pelo aluno);

2. Carta de aceite da instituição de destino;

3. Contrato de Estudos (ou plano de estudos), devidamente aprovado e assinado pela Coodenação do Curso de origem do aluno.     

 

 

 

 

 

 

 

Temos 2 visitantes e Nenhum membro online